Blog do Vamp

O Vampiro de Curitiba




___"Estado, chamo eu, o lugar onde todos, bons ou malvados, são bebedores de veneno; Estado, o lugar onde todos, bons ou malvados, perdem-se a si mesmos; Estado, o lugar onde o lento suicídio de todos chama-se... "vida"!" (F. Nietzsche)

A Partícula de Deus

Do Estadão, por Jamil Chade:

CIENTISTAS ANUNCIAM DESCOBERTA DO QUE PODERIA SER “PARTÍCULA DE DEUS” E ABREM NOVA ERA NA FÍSICA

GENEBRA – Uma corrida bilionária que já durou meio século pode estar chegando ao seu fim e a ciência estaria a um passo de uma de suas maiores descobertas: a existência da “partícula de Deus”. Na manhã desta quarta-feira, 4, o Centro Europeu de Pesquisas Nucleares (Cern) anunciou em Genebra o que é a mais importante prova da existência da partícula que, para muitos, fecharia a explicação sobre a formação do Universo. A apresentação apontou a descoberta de uma nova partícula subatômica que poderia ser o bóson de Higgs, abrindo uma nova era para a Física.

“Atingimos um marco no nosso entendimento da natureza”, declarou Rolf Heuer, diretor do Cern. “A descoberta é consistente com o bóson de Higgs”, disse.

A teoria é que é essa partícula que garante massa a todas as demais e, portanto, central na explicação do Universo. Conhecida fora do mundo da ciência como “partícula de Deus”, trata-se da última fronteira não resolvida pela física. Nos anos 60, Peter Higgs desenvolveu uma teoria na qual uma energia invisível preencheria um vácuo no espaço. Ao se moverem, partículas são puxadas uma contra as outras, dando massa a um âtomo. Já as partículas da luz não sentem essa atração e não contam com massa. Sem a partícula responsável por unir as demais, átomos não conseguiram ser formados no início do Universo e a vida como a conhecemos hoje simplesmente não existiria. O problema é que sua partícula hipotética – o bóson de Higgs – jamais foi encontrada, pelo menos até hoje.

Depois de acumular dados de milhares de choques de partículas no acelerador subterrâneo construído entre a Suíça e França e que custou US$ 8 bilhões, os cientistas praticamente confirmam a existência de sinais da partícula. Dois experimentos diferentes – os detectores Atlas e o CMS- se lançaram na corrida pela partícula no Cern e hoje estão comparando seus resultados.

Joe Incandela, porta-voz do CMS, confirmou que seu experimento detectou fortes sinais do bóson. “São resultados muito sólidos”, disse. Ao mostrar a tabela, ele mesmo confessou: “nem posso acreditar”. “São indícios muito fortes”, disse. A margem de erro ou variação no dado é de um a cada 1 milhão de eventos.

No Cern, cientistas insistem que o resultado final e a revelação sobre o “Santo Graal” da física só teria como rival a descoberta da estrutura do DNA, há 60 anos. “Essa é a semana mais excitante da história da física”, declarou Joe Lykken, do Fermi National Accelerator Lab (Fermilab) que conduziu as pesquisas nos Estados Unidos nesta semana. Se for confirmada sua existência, a descoberta abrirá o caminho para detalhar o funcionamento de átomos e do próprio Universo.




Da Veja:

Cientistas acreditam ter encontrado o bóson de Higgs

Físicos do Centro Europeu de Pesquisa Nuclear descobriram nova partícula subatômica que se encaixa na teoria que explica o surgimento da matéria

Após quase meio século de pesquisas, a última peça que faltava no modelo padrão da física pode ter sido finalmente encontrada. Cientistas do Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (CERN) descobriram uma nova partícula subatômica que eles acreditam ser o obscuro bóson de Higgs, peça crucial para compreender a formação do universo – na teoria, o bóson de Higgs confere massa às demais partículas e explica o surgimento da matéria.

A descoberta foi confirmada nesta quarta-feira em eventos realizados em Londres, na Grã-Bretanha, e Genebra, na Suíça."Posso confirmar que uma partícula consistente com a teoria do bóson de Higgs foi descoberta", disse John Womersley, diretor-executivo do Conselho de Instalações de Ciência e Tecnologia britânico.

"É um resultado preliminar, mas nós consideramos que é muito forte e sólido", afirmou Joe Incandela, porta-voz de uma das duas equipes do CERN que procuram a partícula de Higgs, no auditório do centro de pesquisas, perto de Genebra.

A descoberta foi detalhada por Fabiola Gianotti, porta-voz do outro grupo do CERN que buscam o bosón de Higgs: "Observamos em nossos dados sinais claros de uma nova partícula, ao nível de 5 sigmas, em uma região de massa ao redor de 126 gigaelétron-volts (GeV)", disse durante a apresentação dos resultados deste experimento. Gianotti destacou que o "excelente funcionamento" do Grande Colisor de Hádrons (LHC, maior acelerador de partículas do mundo) e "o esforço de muita gente nos permitiu chegar a esta emocionante etapa".

O anúncio feito nesta quarta pelo Centro Europeu de Pesquisa Nuclear confirma os indícios encontrados pelo laboratório americano Fermilab (Fermi National Accelerator Laboratory) recentemente. Na última segunda, o porta-voz do laboratório, Rob Lober, declarou que os cientistas americanos tinham novas informações que "apontavam fortemente para a existência do bóson de Higgs". Segundo ele, a confirmação da descoberta dependia apenas dos resultados dos experimentos do Grande Colisor de Hádrons, que foram divulgados agora.



O Vampiro de Curitiba

18 comentários:

O Universo é lindo!!!!

 

Sandra, é lindo e elegante. Estou justamente lendo "O Universo Elegante", do Brian Greene. Teoria das cordas, multiversos, etc.

 

Esse não conheço! Vou procurar!
Um clássico é A Janela de Euclides, de Leonard Mlodinow. Muito bom! Fala, inclusive, do preconceito inicial que a teoria das cordas sofreu.

 

Você já havia falado nesse livro, tenho anotado aqui, quando tiver uma oportunidade vou ler. Valeu, Sandra!

 

Teoria das Cordas é exótica demais.Onze ou doze dimensões, que pode ou poderia explicar a incompatibidade da gravidade com as outras três forças,(força nuclear forte, força nuclear fraca e eletromagnetismo),misturando membranas, cordas de violão, dizendo que o noss intelecto não é capaz de visualizar essas outras dimensões.
Agora tão até dizendo que eu estou dentro de um Buraco Negro, sai fora, esses caras tão pirados.
Vou parar por aqui, porque eu estou muito infeliz com a descoberta do Bosón de Higgs.
Eu quero só ver quando descobrirem o Bosón de Tene Cheba, será o maior auê.

 

O pior de tudo é queo fóton no repouso tem massa igual a zero, e quando ele não está dormindo ou descansando a massa é também igual a zero.Tudo tende a zero, quando o nada não existe.

 

Tene, será a vida um grande buraco negro? Ou o fim da vida? Ou estaremos apenas sonhando que existimos?

 

Me tirem desse maldito buraco negro, eu quero é luz!

 

Eu discordo, até melhor, não concordo que bosón de Higgs é o Santo Graal da Física.A busca, na minha opinião, é a Matéria Escura e a Energia Escura que acelera Universo, enquanto que a Matéria Escura explica os grandes aglomerados de galáxias. São tantos os mistérios que ninguém se preocupa com a singularidade da Terra, o único objeto ímpar no Universo.
Tudo muito caótico ´para o meu gosto, sendo assim a Terra parece ser de fato o ponto mais avançado do Cosmo, quanto desperdício de massa, energia e eu aqui fraquinho, quase sem forças.

 

Os caras gastam bilhões de dólares para procurar um mísero micróbinho externo, e não acham nada, nem mesmo um maldito virusinho que até hoje não se sabe se é ser ou mineral.
E os mamutes foram extintos, como é que pode?

 

Acho que estamos mesmo no fim. Os inimigos se aliam, contra quem, não sei... descobrem uma partícula que dizem ser do Maiúsculo Universal, um vampiro quer luz...
Catzo! Dezembro ainda tá longe!!!! Temos ainda alguns meses pra chegar à alguma conclusão!!!!

 

Tene, e ainda tem a antimatéria, pra complicar mais um pouco rs...

 

Pois é, Robson! Tá tudo errado no Universo. Onde já se viu um Vampiro implorar por luz? Vampiro brasileiro é f... rs...

 

Pois é, a antimatéria e matéria, são assimétricas, quando do big bang por que as quantidades foram diferentes?Quero dizer por que a matéria predominou e não a antimatéria?
Claro que não sou eu que levantei tal questionamento, dúvida, e sim os renomados Fìsicos do mundo e Astrofísicos do nundo também.

 

Tene, coloquei mais um post aí em cima falando sobre o assunto.

 

Tene, para você chegar à velocidade da luz, sua massa de repouso teria de ser INFINITA.

 

Sim, E = m.c², onde c = velocidade da luz. A Sandra tá certíssima.
Pessoal, vamos pro post de cima, vamos?

 

Ah não, brisei! O que é infinita é a energia que você tem de fornecer ao objeto para ele chegar à velocidade da luz.

 

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão aprovados.