Blog do Vamp

O Vampiro de Curitiba




___"Estado, chamo eu, o lugar onde todos, bons ou malvados, são bebedores de veneno; Estado, o lugar onde todos, bons ou malvados, perdem-se a si mesmos; Estado, o lugar onde o lento suicídio de todos chama-se... "vida"!" (F. Nietzsche)

Procura Eletiva (Atualizado)

Qual a função de um Procurador da República?

Leiam estes posts publicados ontem no Blog do ex-deputado Roberto Jefferson (em azul):

19/05/2010
Primeiro a carroça, depois os bois

No encontro "Falhas e Brechas da Justiça: como evitar a Impunidade nos crimes contra a Imprensa", na PUC-Rio, a procuradora regional da República Janice Ascari, do Ministério Público Federal de SP, defendeu que os crimes de cunho político contra jornalistas sejam federalizados, ou seja, julgados pela Justiça Federal. Para realizar a ideia é preciso modificar um artigo da Constituição Federal. Isto em um país que nem sequer tem uma Lei de Imprensa!


Postado por Roberto Jefferson às 11:40
[0 Comentários] [Envie esta mensagem]

19/05/2010
Criando problemas (1)

As novas ideias da procuradora Janice Ascari sobre a imprensa têm um quê de muito estranho! Ao defender que os "crimes políticos contra a imprensa", sem definir quais seriam eles, para a Justiça Federal, a procuradora afirmou que assim se "evitaria comprometimento do poder local no desfecho dos casos". Ora, o que aconteceu com a Justiça cega? Isto a procuradora não disse, parece estranhamente conformada com a politização do Judiciário e de seu poder concursado.

Postado por Roberto Jefferson às 11:38
[0 Comentários] [Envie esta mensagem]

19/05/2010
Criando problemas (2)

Janice também defendeu a criação de um fundo para custear os processos enfrentados por jornalistas no exercício da profissão, como ações de indenização, pois de acordo com ela "há duas formas de intimidação do exercício do jornalismo: primeiro, proibir veículos e jornalistas de falar sobre fulano; depois, após a publicação, entrar com ações de indenização". Criado tal fundo, o jornalista não teria "que se preocupar com o valor da indenização, se preocupar em pagar o advogado". Difícil de entender porque uma promotora de Justiça apresentaria ideias que garantiriam a impunidade. A censura prévia é inaceitável, mas poderia ser evitada com uma nova Lei de Imprensa que garantisse a liberdade de expressão, mas os jornalistas não podem ser imunes por suas palavras, ao contrário, melhor seria se a Justiça exigisse responsabilidade desses importantes profissionais.


Eu já acharia muitíssimo estranho que algum advogado de defesa propusesse um "fundo" para dar apoio a criminosos condenados pela Justiça. Agora, uma Procuradora  da República, que é a responsável pela oferta da acusação???

A Procuradora Janice Ascari já é bem conhecida da Blogosfera. Em Março deste ano ela própria escreveu no Blog do Nassif . Reparem que agora ela deixa de ser advogada de defesa e incorpora o espírito da Procuradora (em vermelho):

16/03/2010 - 20:47
Para combater o terrorismo cibernético


Por Janice Ascari


Caro Nassif, (...).

O mesmo recado que mandei a ele deixo aqui para você, Paulo Henrique, Azenha e Maria Frô:


(...)

Além disso, a conduta pode configurar crime – e, para isso, o Grupo de Combate aos Crimes Cibernéticos do Ministério Público Federal está à disposição.
Trabalhamos em conjunto com a Polí­cia Federal, FBI e Safernet. Para nós, nenhum delinquente permanece anônimo.


Janice Ascari, a procuradora-blogueira-palestrante, tem um blog no "Portal Luis Nassif".

O "Portal Luis Nassif" é "patrocinado" pela Petrobras e pela Caixa Econômica Federal.

Luis Nassif fechou recentemente um contrato milionário com a EBC (Lula News).

Agora me responda, leitor: você sabe quem paga todos esses "patrocínios", esses contratos milionários e o salário da Dona Janice? É você, seu tonto, que trabalha metade do ano para pagar impostos!




Beijos, Janice!


O Vampiro de Curitiba





..........................

Resposta da Procuradora Federal Janice Ascari:


"Prezado "Vampiro":


O que o Sr. Roberto Jefferson não sabe, porque não esteve lá, é que o seminário realizado na PUC-RJ teve por tema a Impunidade dos Crimes cometidos contra Jornalistas.


Após falar brevemente sobre o sistema penal brasileiro e a impunidade geral, fiz várias sugestões. Uma delas foi a federalização dos crimes cometidos CONTRA jornalistas, em especial assassinatos.


Nos últimos 15 anos, 25 jornalistas foram assassinados no Brasil em razão de suas funções.


Na maioria dos casos não houve apuração adequada pela polícia, nem punição. No máximo, condenaram-se os executores dos assassinatos – mas jamais os mandantes, tendo em vista a influência do poder político-econômico local. Muitos ficaram pouco tempo na prisão e já estão em liberdade, como os executores de Tim Lopes.


Segundo dados da SIP – Sociedade Interamericana de Imprensa (organizadora do evento) tendo como parâmetro as 3 Américas, o Brasil é o 3º país que mais apresenta casos de assassinatos de jornalistas. O México está em 1º lugar e a Colômbia em 2º (dados de abril/2010).


Uma das outras sugestões que fiz foi a criação de um fundo de livre adesão e obviamente custeado pelos próprios jornalistas, apenas para proporcionar assistencia juridica em caso de processos cíveis e criminais movidos por quem se julgar ofendido pelas matérias produzidas. Se condenado, a indenização seria paga, claro, pelo jornalista e não pelo fundo.


Estou à disposição para quaisquer outros esclarecimentos.


A íntegra dos debates está disponível no site da PUC-RJ.


Atenciosamente,


Janice Ascari

............

Janice, eu entendi que a sua colocação é em defesa dos jornalistas.

O que me espanta é, como o Jefferson bem expressou, que esse fundo - voluntário, óbvio - na prática estimula o crime e a irresponsabilidade. Eu entendo que o jornalista que tenha sido condenado nas três instâncias a pagar uma indenização, por exemplo, é porque cometeu algum crime. Ou não?

Mas, sendo bem sincero, o que me preocupa mesmo é que para setores do Ministério Público jornalistas vinculados ao PT são sempre vítimas, enquanto adversários do partido são demonizados.
 
É essa a questão, Janice.
 
 
O Vampiro de Curitiba

50 comentários:

Pelamordedeus!, antes de enviar seu comentário, tenha em mente que a moça é procuradora da República.
Muita calma nessa hora!

 

Vamp, só uma curiosidade: o teu blog é bloqueado por todo orgão público federal. O blog do Nassif é liberado.

 

Será que em todo órgão público, Luciana?
Acho que não:

Blog do Vamp
Who's On? > Visit Detail
Visit 24,168
[<<] [>>]
Domain Name brasiltelecom.net.br ? (Brazil)
IP Address 201.14.100.# (GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL)
ISP Brasil Telecom S/A - Filial Distrito Federal
Location Continent : South America
Country : Brazil (Facts)
State/Region : Distrito Federal
City : Braslia
Lat/Long : -15.7833, -47.9167 (Map)

Language Portuguese (Brazil)
pt-br
Operating System Macintosh WinNT
Browser Safari 1.3
Mozilla/5.0 (Windows; U; Windows NT 6.1; en-US) AppleWebKit/532.5 (KHTML, like Gecko) Chrome/4.1.249.1064 Safari/532.5
Javascript version 1.5
Monitor Resolution : 1440 x 900
Color Depth : 32 bits

Time of Visit May 20 2010 12:58:36 pm
Last Page View May 20 2010 12:58:36 pm
Visit Length 0 seconds
Page Views 1
Referring URL http://www.google.co...UTF-8&q=Blog do Vamp
Search Engine google.com.br
Search Words blog do vamp
Visit Entry Page http://blogdovampiro...ritiba.blogspot.com/
Visit Exit Page http://blogdovampiro...ritiba.blogspot.com/
Out Click
Time Zone UTC-4:00
Visitor's Time May 20 2010 10:58:36 am
Visit Number 24,168

 

Grande Renato Russo.
Saudade.

 

Aliás, bom dia leitores!

Blog do Vamp
Recent Visitors by Location
Detail Country Location
1
United States Mountain View,
2
Brazil Campinas, Sao Paulo
3
Brazil Itapema, Santa Catarina
4
Brazil Valinhos, Sao Paulo
5
Brazil Braslia, Distrito Federal
6
Brazil Moji Das Cruzes, Sao Paulo
7
Brazil Santos, Sao Paulo
8
Portugal Lisboa
9
Brazil So Paulo, Sao Paulo
10
Brazil
11
Brazil So Joo De Meriti, Rio de Janeiro
12
Brazil Porto Alegre, Rio Grande do Sul
13
United States Cambridge, Massachusetts
14
Brazil Rio Grande, Rio Grande do Sul
15
Brazil Niteri, Rio de Janeiro
16
Brazil So Paulo, Sao Paulo
17
Brazil So Paulo, Sao Paulo
18
Brazil So Bernardo Do Campo, Sao Paulo
19
Brazil Jundia, Sao Paulo
20
United States Mountain View, California
[1] 2 3 4 5

 

Bom dia!
Eu disse que os ataques ao RA estavam tão tímidos que não dava nem para entender do que o estavam acusando. Não vão achar um laranja tão fácil. O preço é muito alto.

 

Vamp,não me envolvo com o jogo político.
Aproveito o que eu acho que a vida tem de melhor.
Gosto do teu jeito roqueiro,seu humor inteligente e sensível.Isso que faz com que me interesse pelo blog.
Respeito quem tem talento para a militância,mas não é assunto que me dê prazer.Apenas curiosidade.
Boa Tarde!!!

 

Bom dia, presidência!

Blog do Vamp
By Location > Visit Detail
Visit 24,204
[<<] [>>]
Domain Name gov.br ? (Brazil)
IP Address 200.181.15.# (PRESIDENCIA DA REPUBLICA)
ISP Brasil Telecom S/A - Filial Distrito Federal
Location Continent : South America
Country : Brazil (Facts)
State/Region : Distrito Federal
City : Braslia

 

Esse articulista Roberto jefersson é o mesmo que ajudava a comandar o mensalão?E que é réu junto com José Dirceu no STf? A procuradora afirma que processos judiciais estão sendo usados como fonte de intimidação da imprensa,e estão mesmos. A pessoa tem de gastar com advogados, taxas,perdem tempo indo aos foruns durante anos que o processo se arrasta. Vide o caso Paulo Francis.A procuradora não falou em fundo pra proteger bandido e sim discursou sobre liberdade de imprensa.

 

EUA e CUBA discutem como responder a desastre ambiental.
Funcionários dos governos dos EUA e de Cuba estão discutindo maneiras de lidar com o vazamento de petróleo no golfo do Mexico.
(da Associated Press)
Folha Online- Ambiente-19-5-2010

 

Juliano, mas QUEM a procuradora quer defender da Justiça?
Garanto que Paulo Francis não teria tanta compaixão por parte dela. Já alguns blogueiros chapa-branca que ela mesmo citou no texto que publicou no Nassif...

 

Prezado "Vampiro":

O que o Sr. Roberto Jefferson não sabe, porque não esteve lá, é que o seminário realizado na PUC-RJ teve por tema a Impunidade dos Crimes cometidos contra Jornalistas.

Após falar brevemente sobre o sistema penal brasileiro e a impunidade geral, fiz várias sugestões. Uma delas foi a federalização dos crimes cometidos CONTRA jornalistas, em especial assassinatos.

Nos últimos 15 anos, 25 jornalistas foram assassinados no Brasil em razão de suas funções.

Na maioria dos casos não houve apuração adequada pela polícia, nem punição. No máximo, condenaram-se os executores dos assassinatos – mas jamais os mandantes, tendo em vista a influência do poder político-econômico local. Muitos ficaram pouco tempo na prisão e já estão em liberdade, como os executores de Tim Lopes.

Segundo dados da SIP – Sociedade Interamericana de Imprensa (organizadora do evento) tendo como parâmetro as 3 Américas, o Brasil é o 3º país que mais apresenta casos de assassinatos de jornalistas. O México está em 1º lugar e a Colômbia em 2º (dados de abril/2010).

Uma das outras sugestões que fiz foi a criação de um fundo de livre adesão e obviamente custeado pelos próprios jornalistas, apenas para proporcionar assistencia juridica em caso de processos cíveis e criminais movidos por quem se julgar ofendido pelas matérias produzidas. Se condenado, a indenização seria paga, claro, pelo jornalista e não pelo fundo.

Estou à disposição para quaisquer outros esclarecimentos.

A íntegra dos debates está disponível no site da PUC-RJ.

Atenciosamente,

Janice Ascari

 

Janice, eu entendi que a sua colocação é em defesa dos jornalistas.

O que me espanta é, como o Jefferson bem expressou, que esse fundo - voluntário, óbvio - na prática estimula o crime e a irresponsabilidade. Eu entendo que o jornalista que tenha sido condenado nas três instâncias a pagar uma indenização, por exemplo, é porque cometeu algum crime. Ou não?

Mas, sendo bem sincero, o que me preocupa mesmo é que para setores do Ministério Público jornalistas vinculados ao PT são sempre vítimas, enquanto adversários do partido são demonizados.

É essa a questão, Janice.

 

Creio que o leitor que não está muito por dentro das ações na Blogosfera não tenha compreendido minha intenção. Eu não quero satanizar jornalista algum, pelo contrário, sou radicalmente defensor da liberdade de expressão. Inclusive para a oposição.

 

Parabéns Drª Janice pelos esclarecimentos, acho que sua presença dignifica esse espaço sempre democrático do Vamp.Há desvios ideologicos em qualquer instituição,mas no todo o Ministério Público é muito sério.A Folha por exemplo recebeu uma enxurrada de ações de uma Igreja, mas a Folha ainda tem meios de defesa. Imagine um jornalista ter que custear dezenas de processos? Seria usar a justiça para intimidar as pessoas.A discussão levantada pela procuradora é pertinente, não se trata de defender bandidos, e mesmos os bandidos merecem defesa plena. Jefersson como advogado criminalista e comunicador sabe mudar o foco da discussão com inteligência.Vamp parece que o Blog está tendo grande repercussão, parabéns!

 

Obrigado, Juliano!
Obrigado, Janice!

 

Janice, peço licença ao Vamp para também agradecer.
Juliano,seus comentários são carregados de bom-senso. Principalmente os mais recentes.Parabéns.

 

Eu fui casado com uma jornalista, que não trabalhou, mas que conheceu muitos colegas que trabalharam para o Sr.Assis Chateaubriand, que como bem escreveu o Fernado Morais era o "Rei do Brasil", pois bem quando os jornalistas iam pedir aumento ao Chateaubriand esse dizia "ora usem suas carteiras de jornalistas para achacarem as pessoas"ele mesmo montou o MASP obrigando os Matarazzo a comprarem(pagarem) em 1947 quadros caríssimos de famílias européias empobrecidas pela guerra, há mesmo um caso clássico dos anos 50 que ele achacou um pequeno laborátorio que fabricava o "Chá de Uvas Picot" remédio similar ao Sal de Frutas, e esses por não pagarem a propina foram levados à falência, pois diariamente os veículos de comunicação do Chateau, davam informações falsas sôbre o remédio dizendo entre outras coisas, que provocava cancêr.
Tudo isso li também no retro citado Chateau o Rei do Brasil do Fernando Morais.
Para "jornalistas" desse naipe Lei de Imprensa e Lei de Segurança Nacional.

 

Boa noite.
Não são só assassinos de jornalistas que ficam impunes. Um dos assassinos do menino João Hélio não ia ser solto, com o aplauso e proteção de uma ONG?
Não dá para deixar a lei como está e colocar só jornalistas acima dela.

 

Se o movimento surrealista Espanhol ou Frances do inicio do seculo XX soubessem de tudo isso, certamente teriam demitido o Andre Breton - papa deles. Que loucura tudo isso.
No Brasil eh preciso ler atraves das entrelinhas e/ou muito abaixo delas.

Confesso que nao sei nada sobre esse assunto, mas esse texto e nesse blog me "elucidaram". (Lula news eh otimo). Nossa mae!
Isso tudo colocaria os surrealistas no chao de joelhos, rezando e acreditando em alguma coisa nesse nosso mundo "real".
LOVE
G

 

Vamp:
deixei um comentario, mas (desse navio) eh tudo tao lento
que nao sei se entrou.
LOVE
G

 

Bom dia!
Gerald, aqui no Brasil, surrealismo pouco é bobagem!
Sem falar que é preciso ler as entrelinhas das entrelinhas para chegar-se perto da real.

 

Tene Cheba, ou eu estou completamente louco ou perdi um comentário teu...

 

Não tem problema. Outros irão.
Abraços.

 

Fundo, o novo apelido para seguro.
Engraçado, que a mente não não possa definir crimes ou castigos. Uma República, um país , um default.
Também, como bem maior elegemos analfabetos, dito pelos ditos, seres quase intelectuais.
A noção que permanece, definitivamente, é, que não podemos, ou, muito pior, é, que nunca poderemos.
Precisamos mudar, precisamos rotacionar, precisamos ver que poder é bem melhor do que manter.
Eu, cada vez mais eu.

 

Vamp e Juliano,reação ao comentário 10.12: muitos risos!

"Viver não é esperar a tempestade passar.É aprender como dançar na chuva."(anônimo)

be happy

 

Vampiro, veja essa:

Após queixa de Serra, TV Brasil cria manual

Entre regras para cobertura está a proibição de reportagens sobre vida pessoal dos candidatos; funcionários não poderão usar botons

Presidente da EBC telefonou para a assessoria do tucano para comunicar decisão de adotar normas de atuação para os profissionais da rede

Cátia Seabra:

A EBC (Empresa Brasileira de Comunicação) adotará, a partir da semana que vem, um manual para a cobertura das eleições. Além da TV Brasil, a agência Brasil e oito emissoras de rádio serão subordinadas à resolução, que prevê sanção em caso de descumprimento.

Elaborada pelo Conselho Curador da EBC, a resolução não estabelece apenas regras para a cobertura, como a exigência de tratamento isonômico e vedação de reportagens sobre a vida pessoal dos candidatos. Incluirá também normas de conduta, como a proibição de uso de botons ou outras manifestação de preferência eleitoral.

A resolução proíbe a veiculação de reportagens sem identificação da fonte da informação, o "off", e fixa ainda regras para divulgação de pesquisa, priorizando os maiores institutos. Ontem, a presidente da EBC, Teresa Cruvinel, telefonou para a assessoria do candidato do PSDB à Presidência, José Serra, para informá-la sobre a resolução e negar a possibilidade de uso político da TV pública.

Na véspera, durante entrevista do candidato, um jornalista da EBC atribuiu a fontes a informação de que Serra extinguiria o Bolsa Família.

"Tomei a iniciativa de ligar para tratar do incidente. Informei que, nas próximas horas, será divulgada a resolução do conselho", disse Teresa, acrescentando que o documento prevê uma conduta apartidária na cobertura da eleição.

 

Quem paga os salários deles?

Brasileiro trabalha até dia 28 apenas para pagar tributos

Marcos Cézari:

Os brasileiros terão de trabalhar até a sexta-feira da próxima semana, dia 28 deste mês, apenas para cumprir suas obrigações tributárias com os fiscos federal, estaduais e municipais.

Serão 148 dias de trabalho no ano, um dia a mais do que os trabalhados em 2009 e o mesmo número de 2008.

O cálculo faz parte do estudo sobre os dias trabalhados para pagar tributos, divulgado ontem pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário).

Segundo o estudo, hoje os brasileiros trabalham quase o dobro do que trabalhavam na década de 1970 (76 dias) apenas para os fiscos.

Os brasileiros estão entre os que mais pagam tributos no mundo, perdendo apenas para os suecos (185 dias) e os franceses (149 dias). Os espanhóis (137), os norte-americanos (102), os argentinos (97), os chilenos (92) e os mexicanos (91) trabalham menos do que os brasileiros.

Com base no estudo, o IBPT diz que 40,54% da renda bruta dos contribuintes estará comprometida neste ano com tributos.

 

Bom dia, doutores!
Tudo tranquilo?

Blog do Vamp
By Location > Visit Detail
Visit 24,379
[<<] [>>]
Domain Name (Unknown)
IP Address 200.142.54.# (MINISTERIO PUBLICO FEDERAL - PROCURADORIA GERAL DA)
ISP MINISTERIO PUBLICO FEDERAL - PROCURADORIA GERAL DA
Location Continent : South America
Country : Brazil (Facts)
State/Region : Rio de Janeiro
City : Rio De Janeiro
Lat/Long : -22.9, -43.2333 (Map)

Language Portuguese (Brazil)

 

Nesse mundo de linhas e entrelinhas prefiro o segredo aberto de www.postsecret.com. A quem não conhece, recomendo. Lá a metalinguística é levada ao extremo, o canal de comunicação é claríssimo e direto.

... já os interlocutores...

 

Senhor Vampiro,

Gostaria de saber por que a procuradora não se manifestou a respeito do patrocínio indevido de verbas públicas para veículos de informação. Por que o silêncio sobre o soldo?Exemplificando: há pouco o blog do Paulo Henrique Amorim(como se vê, amigo da procuradora), que notoriamente defende os partidos governistas, era patrocinado pela Caixa Econômica Federal.

Quero saber se os membros do Ministério Público se importam em preservar os princípios administrativos da moralidade e impessoalidade dispostos no art. 37 da Constituição Federal? Ou isso é uma questão de conveniência?

Cordialmente,

Mario( ou Mr. Throat).

 

Mario, a sua pergunta deve ser feita à referida Procuradora.
O "Portal Luis Nassif", como eu escrevi acima, recebe patrocínio tanto da Caixa como da Petrobras. A Procuradora Janice Ascari deve saber disso, já que ela própria tem um blog no tal portal. O Luis Nassif também é contratado da Lula News. Valor do contrato: mais de R$ 1.200.000,00.
Sobre o BNDES a Procuradora também deve saber da relação deste órgão com o Nassif, já que foi amplamente divulgado pela Imprensa.

 

E a Dilma ainda prometeu que vai dançar o rebolation se ganhar esta eleição...

Aff!!!

é de uma cara de pau, que só com óleo deperoba mesmopara matero brilho.

Para ela e para todos que são 'pagos' pelo povo.

Eleitos direta ou indiretamente.

Compreenderam???

 

Bem, o meu questionamento também vale para a Procuradora Janice...

Agradeço se ela fizer a gentileza de respondê-lo.

Mario.

 

Do Blog do Reinaldo Azevedo:

O VALE-TUDO
sexta-feira, 21 de maio de 2010 | 17:46
Existem as ilegalidades escancaradas, como aquelas em que Lula sobe no palanque, e existem as outras, que precisam ser lidas na, digamos assim, derivada. As campanhas publicitárias das estatais, por exemplo, não vendem mais produtos, mas conceitos de suposta cidadania, falando a mesma linguagem da propaganda institucional, que coincide com o proselitismo partidário e eleitoral.

Resumo da ópera: o dinheiro público paga a campanha. E o faz de muitos modos. A CEF, por exemplo, é anunciante de blogs que fazem campanha eleitoral rasgada. Não se trata de páginas simpáticas a Lula e críticas aos tucanos, não! É campanha mesmo! Nesse caso, a ilegalidade não é apenas eleitoral.

Lula instituiu o vale-tudo na disputa

 

Não gosto do Lula, nem do Grêmio, nem do Flamengo.
Que bom que ambos se fuderam.

 

É claro que não irão fechar a minha Tv,
aqui não pode, não somos venezuelanos.
Aqui, pelo distrato, somos zero.
Penso em baby, penso que o errante,
procura vagas.
Antes da fome, algo que seduz.
Me olham, me esperam na esquina,
covardes, me esperam, tocaias.
Mas foi assim que descobri,
o pobre latente, demitido,
não se pode, afastado, encostado,
sem coragem de dizer não ao tempo.
Pobre são os seus rendimentos,
pobre o refino da tua alma.
Nada, como o nada, nada senhor.

 

Conheço a carreira da procuradora,bem como conheço vagamente, a sua família,e sua forma de ser e de pensar,e aqui,reitero minha total solidariedade à amiga do blog,que sempre esteve à frente da defesa do cidadão brasileiro e da boa conduta das autoridades,e neste caso,o affayr,nem deveria merecer tanto discurso,já que foi levantado,pelo pior político deste século,o energúmeno Roberto Jefferson.

 

Vamp, não gosto de A ou B, talvez nem de C,
mas gosto de vê-los. Não sei não, mas sempre leio, as santas, os de Londres, ou, os de outros lugares.

 

Senhores tenho sono, senhoras tenho medo,
Morro de medo dos sonhos, morro no morro, morro, pensando, moro ao sul de Diadema.
Enfim, fui.

 

Morte em Antares,
mortos vivos, caguetam a vida.
Vida morta, norta porta, vida de sofá.
Vida viva, inócua, de momentos, de saudades.
Se sonho, se vejo, derrapo quando reduzo.

 

Tene, eu também sinto saudades, mas no dia em que você me ver correndo atrás de mulher, por favor, me interne num hospício, pois terei perdido completamente o juízo.

 

Macro micro mico maco.
Tenho que d, o sono chega,
mas temo.
Tenho que acordar, amanhã de manhã,

 

Dalai Lama se comunica através do twitter com os chineses.

heheheh

Chupa Mao....
Chupa Lenin
Chupa Irmãos Castro
Chupa Ahmadinejad
Chupa O Coreia do Norte......
Comunas de uma figa!!!

 

Participe da campanha "Música em troca de Fraldas", que visa ajudar às crianças desabrigadas pelas chuvas no RJ:

Música em troca de Fraldas



AMANHÃ tem Show do #Riounido, que visa ajudar às crianças desabrigadas pelas chuvas no RJ:

#RioUnido

 

Tene, nem de C?
Magoei!!!!

 

Segundo a pesquisa da Data Folha Serra e Dilma estão empatados, então o Sensus e Vox Populi estavam certos. Vi tanta gente falando da falta de seriedade desses institutos,mas quem mudou de números foi o Data Folha.Já escrevi aqui, essas eleições serão durissimas, não pela qualidade dos candidatos,mas pela falta delas.

 

Super sábado para todos!!!

 

Juliano, Sensus e Vox Populi não são sérias, acertando ou não. Tente sortear cem números em 5000. Faça isso de novo. Qual a chance de saírem os mesmos? O que você acha de um instituto que usa o nome de um candidato invertido ou totalmente borrado em suas cédulas. E que fazem cidades que recebem bolsa-família terem mais peso ou peso equivalente a grandes centros populosíssimos?

 

Post novo lá em cima.
Vamos?

 

Postar um comentário

Comentários ofensivos não serão aprovados.